Portal da Cidade Porto Velho

ELEIÇÕES 2020

Convenções definem 16 candidatos a prefeito de Porto Velho; veja os nomes!

O prazo para o registro das candidaturas junto à Justiça Eleitoral encerra no dia 26 deste mês

Postado em 17/09/2020 às 07:38 |

(Foto: Portal da Cidade)

Dezesseis partidos lançaram candidatos a prefeito de Porto Velho entre os dias 31 de agosto e 16 de setembro, prazo definido pela Justiça Eleitoral para realização das convenções partidárias em todo Brasil. Confira abaixo, os nomes (em ordem alfabética) confirmados na disputa!

AVANTE (Breno Mendes)


O Avante oficializou no dia 08 deste mês, a candidatura de Breno Mendes à prefeitura de Porto Velho. O anúncio foi feito em uma convenção online. O candidato à vice ainda será definido. A convenção foi realizada de forma totalmente online transmitida em redes sociais. O partido não definiu coligações até o momento.

Breno Mendes, de 42 anos, é natural de Cratéus (CE) e chegou em Rondônia com 7 anos de idade. Formado em Pedagogia e Direito, atua como advogado em Porto Velho há nove anos, e concorreu ao cargo de deputado estadual pelo PSD na eleição de 2018.

PP (Cristiane Lopes)


O Partido Progressista (PP) oficializou durante convenção nesta terça-feira (15) a candidatura de Cristiane Lopes à Prefeitura de Porto Velho. O candidato a vice deve ser anunciado nos próximos dias.

Cristiane Lopes Benarrosh nasceu em Porto Velho. É jornalista e ocupa o cargo de vereadora na capital rondoniense.

PSC (Edvaldo Soares)


Na segunda-feira (14), o Partido Social Cristão (PSC) oficializou a candidatura de Edvaldo Soares à Prefeitura de Porto Velho. O anúncio aconteceu durante uma convenção presencial na sede do partido, na Capital. O candidato a vice ainda não foi definido.

Edvaldo Soares já foi deputado estadual e concorreu à Prefeitura de Ji-Paraná.

PSL (Eyder Brasil)


O Partido Social Liberal (PSL) oficializou no dia 07 deste mês, a candidatura de Eyder Brasil à prefeitura de Porto Velho. O anúncio aconteceu por meio de uma convenção online. Atualmente, o político é deputado estadual no primeiro mandato. O candidato à vice ainda não foi definido. 

O deputado estadual Eyder Brasil, de 42 anos, nasceu em Porto Velho e entrou na política em 2015. No ano seguinte, concorreu ao cargo de vereador de Porto Velho, ficando como suplente. Em 2018, foi eleito para a Assembleia Legislativa. Formado em administração, Eyder é casado e tem duas filhas.

PSTU (Geneci Gonçalves)


A candidatura de Geneci Gonçalves à Prefeitura de Porto Velho foi confirmada no dia 31 de agosto. O anúncio foi feito durante convenção online do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU). O candidato à vice na chapa é João Vitor Rocha, de 22 anos. 

Geneci Gonçalves, 51 anos, está em formação na área de Administração Pública Rural e Urbana, tem como base profissional o comércio e é micro empreendedor há 22 anos. 

Nasceu na cidade de Salto do Céu (MT) e chegou à Rondônia com 1 ano de idade. Concorreu ao cargo de vereador em 2016 pelo Partido da Mobilização Nacional (PMN).

PSDB (Hildon Chaves)


A candidatura de Hildon Chaves à reeleição para a Prefeitura de Porto Velho foi oficializado na tarde desta terça-feira (15) durante convenção do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). O nome do candidato a vice ainda não foi definido.

Hildon de Lima Chaves tem 52 anos, nasceu em Recife (PE) e é formado em direito. Foi promotor do Ministério Público de Rondônia (MP-RO). Em 2016, foi candidato a prefeito de Porto Velho e venceu no segundo turno.

PTB (Leonel Bertolini)


O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) oficializou na noite desta segunda-feira (14), durante convenção com filiados, a candidatura de Leonel Bertolin à Prefeitura de Porto Velho. O candidato a vice não está definido.

Natural de Santa Catarina, João Leonel Bertolin, 57 anos de idade, chegou em Rondônia em 1983. É administrador, comerciante do ramo alimentício e foi secretário municipal de Agricultura de Porto Velho, durante a gestão Nazif.

REPUBLICANOS (Lindomar Garçom)

Durante convenção realizada nesta terça-feira (15), o Partido Republicano Brasileiro (PRB) oficializou a candidatura de Lindomar Garçon à Prefeitura de Porto Velho. A candidata a vice é a cabo Milene Barreto.

Lindomar Garçon é natural de Rondonópolis (MT) e chegou em Rondônia aos 16 anos de idade. Foi eleito vereador em 1992 e prefeito de Candeias do Jamari em 1996, concorreu à prefeitura de Porto Velho na eleição de 2012 e foi eleito deputado federal em 2014.

SOLIDARIEDADE (Mauro Ronaldo Flores)


O Solidariedade oficializou nesta quarta-feira (16) durante convenção, a candidatura de Mauro Ronaldo à Prefeitura de Porto Velho. A vice da chapa é a pastora Sila, do Partido Verde (PV).

Mauro Ronaldo Flores Correa, 53 anos, é natural de Santa Maria (RS). É policial militar da reserva e possui formação em Direito.

PSOL (Pimenta de Rondônia)


O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) oficializou durante convenção realizada no dia 10 deste mês, a candidatura de Pimenta de Rondônia à Prefeitura de Porto Velho. O candidato a vice ainda não foi definido.

Nascimento Antônio da Silva, conhecido como Pimenta de Rondônia, tem 55 anos, é natural do Paraná e mora em Rondônia desde os quatro anos de idade. É comerciante e concorreu na última eleição majoritária, em 2018, ao cargo de governador.

PT (Ramon Cujuí)


O Partido dos Trabalhadores (PT) oficializou no domingo (13) a candidatura de Ramon Cujuí à Prefeitura de Porto Velho. O anúncio aconteceu em uma convenção realizada à distância. O candidato à vice na chapa é Lhano Fernandes Adorno.

Natural de Porto Velho, Ramon Cujuí tem de 50 anos de idade, é servidor público e atualmente é o presidente do diretório municipal do PT na capital rondoniense. Ele disputou nas eleições de 2018 o cargo de deputado federal.

PDT (Ruy Motta)


Ruy Motta foi oficializado pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) candidato à Prefeitura de Porto Velho. O anúncio aconteceu nesta terça-feira (15) duranrte convenção do partido. O candidato ainda não foi divulgado.

Natural de Porto Velho, Ruy Parra Motta, 64 anos, é advogado e procurador da Assembleia Legislativa de Rondônia. Já disputou eleições em anos anteriores e assumiu como suplente do senador Acir Gurgacz em 2010.

PCdoB (Samuel Costa)


O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) oficializou, no sábado (12), a candidatura de Samuel Costa à Prefeitura de Porto Velho. O partido optou pela realização de convenção presencial na sede do partido, no bairro São Cristóvão, na região central da Capital. O candidato a vice deve ser definido nos próximos dias.

Samuel Costa é professor e jornalista, tem 30 anos de idade e é formado em direito. Participou da primeira eleição em 2012, quando concorreu a vereador pelo Partido da República (PR). Em 2014 disputou uma vaga de deputado estadual pelo então Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB).

PRTB (Ted Wilson)


A candidatura de Ted Wilson à Prefeitura de Porto Velho foi oficializada no último sábado (12). O Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) fez o anúncio durante uma convenção mista, realizada de forma presencial com transmissão online. O candidato a vice-prefeito é o pastor Leonardo Luz. A convenção foi realizada na sede do partido, no bairro Nova Porto Velho.

Ted Wilson de Almeida Ferreira, de 50 anos, é empresário, nasceu em Porto Velho e já foi vereador da capital por dois mandatos. Em 2018, disputou o cargo de senador.

CIDADANIA (Vinícius Miguel)


Vinícius Miguel teve sua candidatura à Prefeitura de Porto Velho, oficializada na tarde de segunda-feira (14). O anúncio foi feito pelo Cidadania durante convenção online. O partido não informou o candidato a vice.

Vinícius Miguel, 35 anos, é natural de Goiânia. É professor e atua na área há mais de nove anos. Em 2018, concorreu ao cargo de governador de Rondônia.

MDB (Williames Pimentel)


O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) oficializou, no sábado (12), a candidatura de Williames Pimentel à Prefeitura de Porto Velho. O anúncio aconteceu por meio de uma convenção presencial realizada na sede do partido, na Capital. O candidato a vice ainda não foi definido.

Formado em direito, Williames Pimentel, 58 anos, nasceu em Porto Velho e é servidor público há 42 anos. Foi secretário de Saúde entre 2001 e 2008. Se candidatou à vaga de prefeito em 2016 e no pleito passado, ao cargo de governador de Rondônia.

Eleições na Pandemia

A data em que se comemora a Proclamação da República, 15 de novembro, coincidirá com o primeiro turno das eleições municipais de 2020. Em Porto Velho cerca de 320 mil eleitores vão às urnas para escolher prefeito e vereadores que terão a missão de administrar, fiscalizar a legislar nos próximos quatro anos. Caso as eleições não sejam definidas no primeiro turno, o eleitor terá que voltar às urnas no dia 29 de novembro para escolher um entre os dois candidatos mais votados na primeira etapa.

Em virtude da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a Justiça Eleitoral adotou uma série de medidas para proteger o eleitor da contaminação pelo vírus nas sessões de votação, tais como:

  • álcool em gel nas seções eleitorais para a higienização das mãos dos eleitores antes e depois da votação;
  • a obrigatoriedade do uso da máscara para proteção facial para acessar os locais de votação;
  • a recomendação de que o eleitor leve a própria caneta para assinar o caderno de votação com a identificação do eleitor (mesmo assim haverá canetas extras e higienizadas para quem esquecer de levar);
  • os eleitores com mais de 60 anos ou mais que fazem parte do grupo de alto risco de contágio pela COVID-19 votem entre 7h às 10h (entretanto esse horário não é obrigatório e as pessoas de outras idades não serão barradas se comparecerem nesse intervalo de tempo);
  • Em razão da pandemia o TRE estendeu o horário de votação em uma hora, começando mais cedo, ao invés das 8 horas, as seções eleitorais estarão abertas a partir das 7 horas e encerrarão as atividades às 17 horas.
  • A Justiça Eleitora também recomenda que eleitores e mesários que estiverem com febre ou tenham testado positivo para COVID-19 nos últimos 14 dias antes da eleição fiquem em casa, podendo justificar a ausência.
  • Por conta da pandemia, o TSE tornou mais fácil o processo de justificativa da ausência na votação, podendo realizar pelo aplicativo E-Título que pode ser baixado pelo telefone celular, todavia a justificativa nas seções eleitorais estará em funcionamento no dia da eleição.

As eleições acontecem em 5.569 cidades das 27 unidades federativas com mais de 95 mil locais de votação em todo país e 401.965 seções eleitorais, a média é de 435 eleitores por seção. Por questões de segurança sanitária, o TSE não vai implementar a identificação biométrica durante as votações.

Fonte:

Receba as notícias de Porto Velho no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Mais Lidas