Portal da Cidade Porto Velho

CONVOCAÇÃO

Governo solicita apoio de médicos residentes para aumentar os leitos de UTI

Hospital de Campanha da zona Leste tem capacidade para 53 leitos, mas somente 40 estão em funcionamento devido a falta de médicos

Postado em 26/01/2021 às 15:56

(Foto: Secom/Divulgação)

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), está adotando medidas para atender a demanda na falta de médicos que possam atuar na linha de frente para o combate à Covid-19. Como uma das alternativas, a Sesau enviou ofício à Comissão Estadual de Residência Médica (Cerem) solicitando apoio quanto à disponibilização de tutores e médicos residentes para ampliação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nas unidades de atendimento.

Segundo o secretário da Saúde, Fernando Máximo, o Estado já conta com estrutura e equipamentos para ofertar atendimentos aos pacientes, mas enfrenta a falta de médicos.

A residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação, pelo qual os profissionais são especializados em determinada área da medicina. O objetivo da residência médica é consolidar os conhecimentos adquiridos com o acompanhamento de tutores especialistas na área.

AMPLIAÇÃO DE LEITOS 

O Hospital de Campanha da zona Leste (Cero) esta entre as unidades hospitalares que possuem capacidade para ampliação de leitos. Atualmente funciona com 40 leitos, sendo 20 leitos clínicos e 20 de UTI, mas tem capacidade para disponibilizar mais 13 leitos, sendo 10 de UTI e três clínicos. 

Além das medidas adotadas, o Governo do Estado tem realizado chamamentos públicos convocando profissionais médicos das mais diversas especialidades. Ao todo 63 editais já foram lançados com 1.035 profissionais convocados.

Fonte:

Receba as notícias de Porto Velho no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Mais Lidas