Portal da Cidade Porto Velho

OBRAS

DNIT e Ibama promovem audiências para discutir obras na BR-319 com a comunidade

Encontros presenciais e virtuais serão realizados a partir do dia 27 de setembro

Postado em 16/09/2021 às 08:41

(Foto: Dnit / Divulgação)

Com o objetivo de ouvir principalmente a comunidade do Amazonas a respeito das obras de pavimentação e melhoramentos na BR-319/AM, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) realizarão audiências públicas presenciais e com transmissão virtual, nos dias 27, 28 e 29 de setembro e no dia 1º de outubro.

Além da pavimentação no denominado Trecho do Meio da BR-319/AM, que intercepta os municípios de Beruri, Borba, Tapauá, Canutama, Manicoré e Humaitá, estarão em pauta os serviços de construção de Obras de Arte Especiais (OAE) no segmento.

Por meio das audiências públicas, a sociedade tem a oportunidade de conhecer o projeto, o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA), além de tirar as dúvidas e apresentar sugestões para a reconstrução desse trecho da rodovia. Todas as contribuições são de caráter consultivo e farão parte do processo de licenciamento do empreendimento.

No formato híbrido - presencial e com transmissão virtual -, as audiências públicas serão realizadas em diferentes municípios: em 27/09, em Manaus (presencial) e Borba (virtual); em 28/09, em Careiro Castanho (presencial) e Beruri (virtual); em 29/09, em Manicoré (presencial) e Tapauá (virtual); e em 1º/10, em Humaitá (presencial) e Canutama (virtual). Além disso, a transmissão para Brasília ocorre no dia 27 de setembro, na Sede do DNIT.

Os interessados que não podem comparecer aos locais dos encontros presenciais ou de transmissão tem a alternativa de acompanhar pelo Canal do DNIT no Youtube (dnit oficial) e também de participar por e-mail (audiencia.319am@dnit.gov.br) ou pelo Whatsapp (21 96434-3133). As contribuições podem ser enviadas no dia do evento ou em até 15 dias após as audiências.

Fonte:

Receba as notícias de Porto Velho no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias