Portal da Cidade Porto Velho

MANIFESTAÇÃO

Protesto dos caminhoneiros entra no 2º dia em RO; veja os pontos de bloqueios

No início da tarde, a PRF já contabilizava 14 pontos de manifestações no Estado

Postado em 09/09/2021 às 07:43 |

Manifestação na BR-174 em Boa Vista. (Foto: Nilzete Franco / FolhaBV)

(Foto: Reprodução)

Bloqueio na BR-364 entrada do município de Candeias do Jamari. (Foto: Portal da Cidade)

Pelo segundo dia consecutivo, caminhoneiros promovem manifestações e bloqueiam rodovias em todo o país nesta quinta-feira (9). Eles dizem que o protesto é em apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e contra o aumento no preço do combustível. 

Em Rondônia, até 06h22 (horário local), foram confirmados bloqueios e mobilizações em seis pontos da BR-364: Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal, Cujubim, Vilhena e Jaci-Paraná.

Em nova atualização, por volta das 9h40 (horário local), os pontos de bloqueios na BR-364, subiram para dez. Além das cidades citadas acima, a Polícia Rodoviária Federal confirmou interdições em mais quatro locais: Candeias do Jamari, Jaru, Ouro Preto do Oeste e Presidente Médici.

No início da tarde, às 13h50 (pelo horário de Rondônia), a PRF já contabilizava  o total de 14 pontos de manifestações no Estado. Dez deles na BR-364 e outros quatros nos seguintes locais: BR-435 (que liga a Cerejeiras), BR-421 (que liga a Monte Negro), RO-460 ( que dá acesso a Buritis) e na Estrada do Belmont, em Porto Velho.

Segundo a PRF, em alguns locais apenas carros pequenos, veículos de emergência e cargas de alimentos perecíveis estão tendo o trânsito liberado pelos manifestantes.

CONFIRA ABAIXO, A SITUAÇÃO ATUAL NA RODOVIA:

PORTO VELHO (Trevo do Belmont - fora da rodovia)

  • Manifestantes bloquearam a via de acesso a distribuidora de Combustíveis, prejudicando o escoamento dos produtos para a região.

JACI- PARANÁ (BR-364 / KM 789) - Ponto de Bloqueio

  • Fechamento da rodovia no local. Sem informações do tipo de fluxo. Equipe em deslocamento ao local.

CANDEIAS DO JAMARI - (BR-364 / km 691) - Ponto de Bloqueio

  • Segundo a PRF, o bloqueio acontece na BR-364 sentindo Ariquemes. No local, o trânsito está liberado apenas para carros de pequeno porte, veículos de emergência, de carga viva e de carga perecível.

JI-PARANÁ (BR-364 / Anel Viário / KM- 337) - Ponto de Bloqueio

  • A PRF informou que a via está interditada, carros de passeio, emergência, carga viva e perecível estão passando.

OURO PRETO (BR-364 / KM 387) Ponto de Bloqueio

  • Cerca de 15 caminhões realizando bloqueio, sentido crescente, Trânsito Liberado para Veículos de passeio, de emergência, ônibus , perecíveis e carga viva.

JARU (BR-364 / KM 425) - Ponto de Bloqueio

  • Manifestação com fechamento da rodovia. Sem informações do tipo de fluxo. Equipe em deslocamento ao local.

CUJUBIM (BR-364 / KM-563) - Mobilização

  • Os manifestantes estão no local aguardando as margens da rodovia para provável interdição.

CACOAL (BR-364 / KM 234) - Ponto de Bloqueio

  • Organizadores bloquearam sentido crescente da via com pneus, cones e latas com diesel e fogo. Os manifestantes realizam uma espécie de pare e siga para evitar congestionamento. Ideia é de intensificar o bloqueio.

PRESIDENTE MÉDICI (BR-364 / Trevo de acesso BR-429) - Bloqueio

  • Veículos de passeio, cargas vivas e perecíveis, veículos de emergência podem trafegar livremente.

VILHENA (BR-364 / do km 13 ao 14) - Ponto de Concentração

  • Caminhões estão estacionados concentrados nas faixas mais a direita de ambos os sentidos aguardando informações para prosseguir ou recuar com a interdição. Fluxo mantido nas faixas a esquerda.

CEREJEIRAS (BR-435 - KM 120) - Bloqueio parcial

  • Veículos de passeio, cargas vivas e perecíveis, veículos de emergência podem trafegar livremente.

MONTE NEGRO (BR-421 - KM 56) - Bloqueio 

  • Segundo a PRF, há informações de que o acesso está fechado. 

BURITIS (RO-460) - Bloqueio parcial

  • Fechamento da rodovia estadual na saída do município de Buritis. Motocicletas e carro de passeio liberados em intervalos de 30 minutos, podendo passar somente veículos de emergência. Outros veículos a princípio estão ficando na barreira.

As interdições continuam mesmo após o presidente Jair Bolsonaro gravar um áudio pedindo aos caminhoneiros que liberem as estradas do país. Na gravação, Bolsonaro diz que a ação "atrapalha a economia" e "prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres".



Fonte:

Receba as notícias de Porto Velho no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

data-matched-content-ui-type="image_stacked" data-matched-content-rows-num="2" data-matched-content-columns-num="3">