Portal da Cidade Porto Velho

POLÍTICA

Deputado cobra contratação dos aprovados no último concurso da Sesau

"Não entendemos o motivo pelo qual os aprovados ainda não foram chamados", disse Jhony Paixão

Postado em 27/05/2020 às 15:13 |

(Foto: Ale/RO)

A contratação imediata de profissionais que foram aprovados no último concurso público da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) foi apontada  pelo deputado estadual Jhony Paixão (Republicanos) como solução para escassez de mão de obra durante a pandemia do novo coronavírus em Rondônia.

"Já ouvimos o secretário de saúde Fernando Máximo externar a dificuldade de encontrar profissionais. Mas não entendemos o motivo pelo qual os aprovados no concurso ainda não foram chamados. É incoerente o secretário afirmar que a mão de obra está escassa e não convocar os aprovados”, destacou. 

O parlamentar sugeriu, durante a sessão plenária desta terça-feira (26), que os 24 deputados realizem uma indicação coletiva e envie ao governador Marcos Rocha para que os profissionais sejam imediatamente convocados. “Acredito que esse seja um pedido já realizado por todos os deputados, pois os municípios estão precisando urgente de profissionais da saúde”, esclareceu. 

INDENIZAÇÃO AOS SERVIDORES

O deputado ainda falou a respeito das indexações aos servidores de linha de frente no combate à pandemia de coronavírus. “Somos favoráveis ao reconhecimento dos profissionais que estão na linha de frente no combate ao coronavírus. Esse é um pensamento comum de todos nós deputados, por isso aprovamos o Projeto de Lei 618|2020”, disse Jhony. 

O projeto mencionado pelo deputado, descreve em seu texto que seja indenizado por exposição obrigatória ao novo coronavírus, todos os servidores dos serviços essenciais que estejam em exercícios na área da saúde e segurança pública do estado de Rondônia, pelo prazo que perdura o estado de calamidade pública. O valor da indenização é de R$ 300,00.

Fonte:

Receba as notícias de Porto Velho no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Mais Lidas