Portal da Cidade Porto Velho

EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

SEM EXCEÇÕES: Instituições de ensino EaD também são afetadas pela pandemia

Mesmo trabalhando com educação à distância, pandemia afeta instituições de ensino EaD

Postado em 03/06/2020 às 07:23 |

(Foto: Portal da Cidade)

Neste mês de junho, o isolamento social completa três meses de implantação em Rondônia. As medidas recomendadas pelas autoridades sanitárias para evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19) tem impactado vários setores comerciais, inclusive as instituições de ensino à distância, que mesmo oferecendo os serviços educacionais em EaD, tem sofrido com as consequências da quarentena. Diante destas circunstâncias, algumas instituições precisaram inovar para atender os acadêmicos de forma a manter a qualidade da oferta de ensino. 

Se por um lado, estudar virtualmente proporciona mais segurança, conforto e comodidade para o acadêmico em um momento em que o coronavírus se dissemina aceleradamente, por outro as instituições de educação à distância desenvolvem novas estratégias para reter a maior quantidade possível de alunos e expandir os negócios. Mesmo potencializando as oportunidades para essas instituições, ainda sim alguns serviços precisaram se readaptar a uma nova realidade, uma vez que está vedada aglomerações nos polos de apoio, locais onde os estudantes costumam realizar avaliações e apresentar trabalhos acadêmicos.

Uninter

No Centro Universitário Internacional (Uninter), os alunos costumam utilizar o polo de apoio presencial para retirar os materiais didáticos das disciplinas, livros de estudos e realização das avaliações. Com a pandemia, a instituição revolucionou a forma de atendimento dos discentes. “Criamos uma ferramenta em tempo recorde das Provas Online, supervisionadas para serem feitas em casa. As provas discursivas dos cursos da Politécnica e das Exatas, que antes eram impressas foram adaptadas para ser online, a apresentação do portfolio que antes era feita no polo passou a ser em vídeos e postados nas redes sociais como forma de apresentação, entre outras mudanças”, explica a diretora do polo da Uninter Porto Velho, Maria Inês Baptista da Silva Zanol.

Através de uma plataforma dentro do aplicativo Univirtus, os alunos tem acesso às provas. Ao abrir a avalição o sistema habilita o monitoramento da câmera e do áudio do computador, tablet ou celular para a identificação do aluno e auditoria da própria instituição de forma a evitar fraudes. Outro diferencial da instituição é a desburocratização da emissão de documentos, pois antes mesmo da pandemia, a Uninter emite ementas, histórico escolar e diversos outros documentos acadêmicos de forma digital, bastando o aluno solicitar dentro do sistema de emissão.

A facilidade, conforto e comodidade são marcas da instituição, a colação de grau é um exemplo disso, pois os alunos não precisam se deslocar até a matriz, em Curitiba-PR, para receber os diplomas, pois a entrega pode ser feita no polo de apoio presencial. Entretanto a emissão dos diplomas foi outro serviço afetado pela pandemia. “Nossos alunos colam grau de forma representativa na grande reitoria na matriz, extensivo a todos os alunos dos polos. Assim não há necessidade da presença física, já na entrega do diploma ou certificado são entregues aos discentes de forma agendada e após o retorno, pós-pandemia, os acadêmicos poderão agendar a sessão das fotos, da reunião com a família, equipe do polo e amigos, se for possível, assim, nossos alunos não são prejudicados na conclusão dos seus cursos”, assegura Maria Inês.

O polo de apoio presencial da Uninter em Porto Velho existe há sete anos e oferece cursos na modalidade a distância para a Graduação, com mais de 60 cursos. Além disso, a instituição oferece várias opções de Pós-graduação com mais de 80 cursos e, ainda, oferta Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Unisul

No polo da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) em Porto Velho, a pandemia também afetou alguns serviços. A unidade foi fechada, mas a coordenação do polo utilizou outros meios para comunicação com os estudantes, como o Whatsapp e e-mail. Se antes as avaliações eram feitas no polo, agora o estudante pode fazer no conforto e na segurança de casa. “A coordenadora sempre entra em contato com os alunos perguntando se eles precisam de ajuda, um trabalho que já era feito e só ficou mais rotineiro. O material já chegava na residência do aluno e a documentação o aluno solicitava na plataforma da Unisul e recebia em sua casa ou por e-mail, esse serviço já era feito a distância”, explica a diretora do polo Lívia Simone Thiers Struthos.

Um dos diferenciais da instituição é o oferecimento da formatura online, ou seja, o estudante cola grau em cerimônia feita por videoconferência com transmissão direta da matriz, localizada em Santa Catarina. A comunicação com os acadêmicos nesse momento de isolamento social tem se tornado fundamental para a manutenção do empreendimento. “Tendo em vista esse período que estamos passando, a Unisul está disponibilizando mais canais de comunicação com os alunos e fez uma parceria com o grupo Anima, o que tende a enriquecer mais ainda ambas as instituições. As instituições estão investindo nesse tempo que as pessoas estão ficando em casa e estão tendo uma visão promissora para o futuro, onde todos irão se adaptar a essa metodologia”, ressalta Lívia.

De acordo, com a diretora do polo da Unisul em Porto Velho, se por um lado a pandemia afetou o oferecimento de alguns serviços, por outro oportunizou a expansão dos negócios. “Diferente de outras instituições a Unisul não teve prejuízos com a pandemia, pelo contrário, houve um aumento de 30% de matrículas novas. Acreditamos que pelo fato das pessoas não poderem sair de casa e estão aproveitando o tempo para aprimorar o conhecimento”, comemora Lívia.

A Universidade de Santa Catarina está no Brasil há mais de 50 anos, deste total são 15 anos de instalação em Rondônia. Há 20 anos, a instituição se tornou uma das pioneiras no sistema de ensino virtual do país. O tempo de experiência trabalhando com EaD foi fundamental para o enfrentamento da COVID -19, pois a faculdade não teve dificuldades em trabalhar home office. Hoje a Unisul oferece mais de 50 cursos online com certificações reconhecidas pelo MEC e notas no ENADE consideradas altas, a maioria dos cursos tem notas 4 e 5.


Fonte:

Receba as notícias de Porto Velho no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário