Portal da Cidade Porto Velho

ECONOMIA

CDL estima aumento real de 10% nas vendas do Natal, em Porto Velho

Os principais destaques serão para as lojas de vestuário e para os estabelecimentos de artigos de uso pessoal e doméstico.

Postado em 19/12/2019 às 08:04 |

(Foto: Imagem Ilustrativa / Divulgação)

As vendas no Natal, principal data comemorativa do varejo brasileiro, devem crescer 10%, neste ano em relação ao ano anterior em Porto Velho. A projeção é da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e se confirmada será duas vezes maior que estimativa nacional de vendas para o período, que prevê alta de 5,2%, no comparativo com 2018, conforme dados divulgados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). 

Segundo o gerente executivo da CDL Porto Velho, Francisco de Assis, a expectativa favorável se deve a uma combinação de fatores indutores, tais como: preço baixo e condições de pagamento. “Devido ao alto índice de inadimplência e a consequente restrição no crédito, o consumidor está optando pelo pagamento à vista e neste caso, o lojista está adotando a política do menor preço para garantir a venda”, ressalta. 

Entre os segmentos do varejo que alcançarão os melhores resultados com as vendas de Natal, Assis afirma que os principais destaques serão para as lojas de vestuário (roupas e calçados) e para os estabelecimentos de artigos de uso pessoal e doméstico.  

Em nível nacional, de acordo com a pesquisa realizada pela CNC, o setor vai registrar o maior avanço real das vendas natalinas desde 2012, aproximando-se do nível de vendas registrado antes da recessão. A previsão é que o Natal movimente R$ 36 bilhões neste ano. O nível recorde de vendas ocorreu em 2014, quando o setor registrou movimentação financeira de R$ 36,5 bilhões. 

Fonte:

Deixe seu comentário