Portal da Cidade Porto Velho

FISCALIZAÇÃO

Força tarefa fiscaliza supermercados

Para o coordenador do Procon, a ação é de grande importância para Rondônia, sendo uma das primeiras, após a implantação da Gerência de Fiscalização.

Postado em 11/11/2019 às 11:33 |

Força tarefa fiscaliza supermercados na capital em proteção ao consumidor. (Foto: Secom)

A força tarefa reuniu equipes de fiscalização da Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Consumidor (Deccon), da Divisão Municipal de Vigilância Sanitária (Devisa) em parceria com o Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia (Ipem). Cerca de 20 homens fiscalizaram estabelecimentos da capital na última sexta-feira (8) dando continuidade aos trabalhos que buscam proteger o cidadão.

Para o coordenador do Procon, Estevão Ferreira, a ação é de grande importância para Rondônia, sendo uma das primeiras, após a implantação da Gerência de Fiscalização nesta gestão. “O convite da Deccon veio ao encontro do nosso foco em proteger o consumidor. Já havíamos fiscalizado farmácias anteriormente e, agora, damos continuidade nos estabelecimentos comerciais. Estamos fazendo o que há décadas não foi feito: fiscalizando e conscientizando consumidores e empresários”, destacou o coordenador. 

 A orientação dos órgãos de proteção é redobrar a atenção nas promoções como Black Friday 

O trabalho teve como foco analisar desde os preços dos produtos, qualidade, aparência, armazenamento dos itens e a documentação da empresa. Em alguns supermercados foram encontrados produtos com embalagens vencidas, deterioradas, sem preço, entre outros problemas. Segundo o gerente de fiscalização do Procon, Vitor Ferrare, um determinado estabelecimento recebeu autos de infração e teve mais de 40 produtos vencidos destruídos. 

“É importante que a população saiba que com a criação da Gerência de Fiscalização, oProcon pode, agora, autuar, fazer apreensões e até interditar estabelecimentos. Na última semana nossos fiscais foram capacitados por equipes do Procon de Alagoas e estão colocando em prática todo o conhecimento adquirido, de forma que o cidadão possa fazer suas compras com segurança”, ressaltou. 

Para empresários que atuam no ramo, a expectativa de aumento este ano é superior a 50%. A gerente de loja Rosane Siepamane, acredita que as fiscalizações não prejudicam o estabelecimento, e sim garantem a confiabilidade dos produtos comercializados.

Com a chegada das festividades surgem promoções relâmpagos como a famosa “Black Friday”, que promete grande diminuição nos preços. Mas a orientação dos órgãos de proteção é redobrar a atenção. “Nem tudo o que parece é real”, alerta Estevão.

Cartilhas educativas foram disponibilizadas nos estabelecimentos fiscalizados, como forma de conscientizar o consumidor. Helena Félix até parou as compras para observar o trabalho das equipes e parabenizou a ação. “Esse trabalho está de parabéns! Muitas vezes o consumidor acaba levando produtos danificados, estragados e fica no prejuízo. Com a fiscalização a gente se sente protegido”, afirmou a consumidora.

Fonte:

Deixe seu comentário